Entenda o que é Compliance e porque é importante no negócio

O que é Compliance

Compliance é um assunto bastante comum entre jurídicos (Advogados, Juízes, Oficiais de Justiça, etc) e ganhou popularidade após escândalos políticos. Mas, para segurança, o correto seria que todas as empresas o conhecessem. Descubra neste post o que é Compliance e porque é importante no negócio. 


Entenda o que é Compliance

Mesmo se você não tem graduação em Direito, entender o que é Compliance trata-se de uma necessidade de qualquer profissional que pretende fazer o negócio crescer em conformidade com as leis.  

O termo vem do inglês Comply, que significa estar em conformidade com as leis. Portanto, não é uma responsabilidade restrita de advogados, pois todos os seres humanos que não desejam problemas com a justiça, querem respeitar a lei. 

Devido a complexidade de assuntos jurídicos e que exigem compreensão aprofundada das Leis, empresas de grande e médio porte contam com especialistas de Compliance no quadro de funcionários. Não é à toa que de acordo com pesquisas, o Compliance é uma carreira de alto potencial de crescimento

Isso quer dizer que até mesmo os pequenos negócios e que não possuem receita suficiente precisam contratar especialista Compliance? Sim e não. Mesmo que não seja possível fazer a contratação de uma advogada com especialidade em Compliance, é importante que exista alguém na empresa responsável por olhar para esta questão. 


Leia também: Qual a diferença entre criatividade e inovação?


Diferentes de outras áreas jurídicas, quem estuda Compliance não visa só resolver problemas; mas, sua principal razão é evitar que aconteçam. Na comunidade dos negócios  há a gestão de riscos, que nada mais é que a preocupação dos mesmos. 


Percebeu a semelhança? 

A gestão de riscos não envolve olhar apenas para um ponto da empresa, mas considerar todos os campos que podem oferecer riscos ao sucesso da companhia no mercado

Por isso, o termo Compliance Empresarial tem estado cada vez mais na vida de executivos, que pretendem blindar seus negócios. Especialmente para quem ocupa cadeiras de gestão e coordenação, o aprendizado em escolas de negócios que ofereçam ambos termos na mesma grade é diferencial. 

No mercado, já é possível encontrar escolas de negócios que oferecem o MBA Online Gestão Financeira, Compliance e Riscos, e que apresentam todas as ferramentas que as empresas necessitam para conseguir espaço no mercado sem ferir premissas legais.  


Compliance empresarial e os interesses da instituição

Interesses da Instituição

Especialmente para os empreendedores no Brasil, a preocupação de que as Leis “cortem as asas” do negócio, é um fato. A verdade é que isso realmente acontece e muitas organizações acabam parando no tempo por medo de irem contra as normas

A missão do Compliance empresarial não é de somente lembrar o que não é possível ser feito, mas de encontrar formas de fazer acontecer. Alinhado aos interesses profissionais, os colaboradores buscam meios de alinhar legislação à missão, visão e valores, permitindo que as coisas sejam feitas, porém, de forma legal e que não provoquem arrependimentos no futuro. 


Dica de leitura: 7 cuidados antes de escolher a sua Escola de Negócios.


Quanto maior a instituição, mais cresce a responsabilidade daquele que fica encarregado do assunto na empresa e é por isso que a melhor saída para as empresas de grande porte é investir na contratação de especialistas


Dentre os assuntos que ficam sob responsabilidade de quem assume tal atribuição estão: 

  • Levantar e analisar os riscos operacionais;
  • Verificar se todos os departamentos estão em conformidade com a Lei;
  • Sugerir modelos para incentivar que o público interno aplique as normas técnicas;
  • Investigar e proteger a empresa de tratos fraudulentos (internos ou externos);
  • Cuidar da gestão segura dos dados internos (segurança da informação);
  • Oferecer relatórios e debates contínuos sobre a gestão de riscos;
  • Estabelecer e atualizar junto aos Recursos Humanos as normas internas;
  • Incentivar a boa cultura empresarial e comunicação interna;
  • Adequar as leis ao cenário (dores, objetivos e pretensões) da empresa.


Quanta coisa, não é mesmo? Mas, é por uma boa causa!

Cada uma dessas missões vale à pena e evita que a empresa esteja envolvida em polêmicas que podem arruinar definitivamente o negócio por mero desconhecimento. Comece agora mesmo a inserir o Compliance na gestão financeira e riscos, e faça dessa missão mais um diferencial em sua empresa

Quer se especializar em Compliance? Faça nosso Curso de Extensão em Compliance e aprenda, de fato, como aplicar em sua empresa. Experimente grátis por 07 clicando no banner abaixo.

experimente grátis - trevisan online