5 passos para montar o budget da sua área

Montar Budget

Ao entrar o último trimestre do ano, é chegada a hora de olhar para trás e entender o que deu certo e/ou errado, referente ao que foi planejado (e feito!) durante o ano assim como, ao tirar as lições necessárias, olhar para frente, montar o budget da área prevendo como será o próximo ano fiscal que irá entrar.


Planejar, agir, medir e corrigir rotas no tempo correto; apresentar resultados do que deu certo e também do que não deu, são algumas maneiras da empresa se manter competitiva no mercado, e assim, manter as suas áreas internas alinhadas com os objetivos do negócio.


Leia também: Como realizar uma gestão de custos e preços de forma correta?


Uma das ferramentas que auxilia no planejamento anual da empresa e suas áreas internas é o Orçamento Anual, também conhecido como Budget (termo em inglês). Com ele é possível as áreas terem clareza na divisão dos recursos em cada ação, comparar os gastos reais com os planejados, medir o Retorno sobre o Investimento (ROI) e os Indicadores de Performance (KPIs).


Afinal, como montar o budget de uma área?
como montar o budget

Para descomplicar esse assunto, listamos abaixo 5 passos e que vão te ajudar a montar o budget da sua área.

1- Entenda os processos internos

Ao começar a elaborar o budget anual da sua área, tenha em mente que ela é um pedaço de um todo - a empresa - e que, mesmo tendo em partes a sua "independência" interna, deve estar alinhada ao contexto para não extrapolar o orçamento total anual previsto.


2- Envolva a equipe 

As pessoas da equipe são as principais fontes de informações do que ocorre dentro da área, portanto, envolvê-las no planejamento as torna também parceiras no momento de colocá-lo em prática e olhar para o controle do orçamento.


3- Levante custos e investimentos das ações

Liste as ações que pretende colocar em prática e defina em cada uma delas o que é custo e o que é investimento. Compare com o que foi investido e gasto nas ações do ano anterior, para já ter uma projeção mais segura e assertiva para o que vem pela frente. Se já houver uma verba anual pré-definida para a sua área, você pode dividi-la pelos meses do ano ou até mesmo pelas ações.



Dica de leitura: Como implementar a Auditoria e Controladoria nas pequenas empresas


4- Padronize processos 

Ao padronizar ao máximo os processos que envolvem suas ações, é possível dividir o budget entre as etapas e administrá-lo mais de perto, com melhor visibilidade, além de conseguir também otimizar os recursos.


5- Defina as KPIs das ações

Para cada ação a ser realizada, defina os indicadores de performance necessários para que a sua área consiga compreender se os custos/investimentos seguem da maneira mais adequada possível e, assim, ter tempo suficiente para correção de rota caso haja necessidade.



Lembre-se que quando os principais gastos são compreendidos e claramente visualizados, fica mais fácil de conhecer e implementar os principais itens de controle tendo, como consequência, um acompanhamento mais próximo e assertivo. Procure sempre encontrar meios para reduzi-los, pois assim conseguirá fazer uma melhor administração e distribuição do budget da sua área, podendo inclusive trabalhar com folga no orçamento.

experimente grátis - trevisan online