Como realizar uma gestão de custos e preços de forma correta?
Gestão de Custos e Preços

É de extrema importância que o responsável por uma empresa conheça todo o negócio e tenha uma boa gestão de custos. Gerenciar os custos de uma organização e ter um controle das finanças, sem dúvida é uma medida certa e necessária para a saúde e evolução organizacional da empresa. Quando não se tem essa gestão ou quando é mal feita, as consequências são notáveis e ocorrerá problemas nos resultados esperados. 


Leia também: Orçamento empresarial: você já começou o seu?

O objetivo de qualquer empresa é conseguir lucratividade satisfatória, e é claro que a gestão de custos e preços será essencial para atingir essa meta. Mas, não se preocupe. Apesar de parecer complicado e trabalhoso, o que essa atividade exige é um bom planejamento e também uma boa estruturação. Falaremos um pouco disso abaixo, continue a leitura :D


Afinal, o que é gestão de custos? 

gestão de custos

Nada mais é do que o gerenciamento inteligente dos gastos de uma organização. Toda empresa possuI custos e eles devem ser medidos de uma maneira eficiente, e é aí que entra a Gestão de Custos e Preços.


Esse gerenciamento permite que o responsável identifique os problemas que a empresa poderá vir a enfrentar,  assim como as oportunidades de investimento para aumento das margens e lucros, tomdas de decisões concretas, além de dar mais segurança para as ações da empresa


Quando a empresa deixa de fazer esse controle correrá grandes riscos, como andar em um caminho sem luz. E por mais perigoso que isso seja, é muito comum acontecer dentro empresas, independentemente do seu porte. Infelizmente, muitas companhias focam apenas no valor do caixa e não sabem o caminho que o dinheiro fez. 


Sugestão de leitura: Gestão de Riscos e Compliance: você está fazendo isso certo?


Para fazer a gestão de custos e preços de forma correta primeiramente é necessário identificar a estrutura de mercado da sua empresa, conhecer todo o ambiente mercadológico que ela se encontra, analisar os concorrentes direto e indiretos


Como segundo passo é preciso conhecer a elasticidade da demanda, o que os consumidores pensam em relação ao preço do seu produto ou serviço e a importância dele para as pessoas. Ter o preço justo é o mais importante, sempre de forma estratégica


Nada que envolve custo dentro da empresa pode ficar de fora, tanto custos fixos e variáveis, perdas e ganhos. A organização deve obter um equilíbrio, procurar custos-benefícios, evitar grandes gastos com matérias primas, mas sempre priorizar a qualidade. O objetivo deve ser sempre buscar itens mais econômicos, porém com eficiência. Esses são apenas alguns pequenos exemplos de estratégia.


Lembre-se de investir em tecnologia, pois é uma das principais maneiras de facilitar a administração dos seus negócios. Elas permitem aos empreendedores, automatizar diversas funções e atividades para ganhar tempo e dinheiro. As ferramentas tecnológicas estão cada mais precisas, acelerando os sistemas de gestão e os procedimentos. Além disso, os softwares garantem segurança de dados e informações de forma eficaz, e segura


Gostou desse conteúdo? Cadastre-se, abaixo, em nossa Newsletter para ter acesso aos prinicpais conteúdos relacionados ao mundo dos negócios.