Gestão de Riscos e Compliance: você está fazendo isso certo?

Gestão de Riscos e Compliance

Entender cada um destes conceitos, fazem toda a diferença na gestão de sucesso de uma empresaCompreender como a Gestão de Riscos e Compliance se integram são elementos importantes que, alinhados às boas práticas de administração de uma empresa, podem trazer muitos benefícios às instituições.


Leia também: Entenda o que é Compliance e porque é importante no negócio

O primeiro passo para o sucesso na sua administração é entender os conceitos separadamente. Vamos lá?!


Afinal, o que é Gestão de Riscos?
gestão de riscos

Gestão de riscos nada mais é que administrar os efeitos internos e externos que causam incertezas e imprevisibilidade em qualquer processo de gestão de negócio. Um bom gerenciamento é capaz de mensurar e combater todos os riscos operacionais, financeiros, ambientais, entre outros.


Os riscos identificados servem de insumos para a definição de iniciativas de monitoramento e controle que podem ajudar significativamente no cumprimento de objetivos estratégicos, na segurança, na imagem e no valor econômico da empresa. Isso aumenta a chance de prevenir situações desfavoráveis e aproveitar oportunidades.


Portanto a gestão de riscos constitui uma série de processos e atividades específicas que têm o objetivo de corrigir deficiências e evitar falhas que possam comprometer uma organização, além de gerar ainda mais valor para a companhia. Estabeleça estratégias que proporcionem um equilíbrio entre as metas a serem cumpridas e os diversos perigos que as rodeiam. Neste cenário, também é possível identificar oportunidades que enriqueçam o valor de mercado e a infraestrutura de negócio como um todo.



O que é compliance?
compliiance

O compliance por sua vez, pode ser definido como conformidade. Trata-se de uma série de mecanismos de controle para garantir que os mais diversos processos da companhia estejam sendo realizados de acordo com todos os requisitos legais e em sintonia com os princípios éticos, missão e valores da empresa. Incluindo o relacionamento com os investidores, fornecedores e consumidores finais, ou seja, toda a cadeia de relações da companhia.


Como eles se integram?
Integração - Compliance & Gestão de Riscos

Pode parecer complicado distinguir entre Gestão de Riscos e Compliance, já que ambos tem como objetivo combater aos danos estruturais e cumprimento da legislação.Mas traçando comparações baseadas principalmente na forma de encarar, respectivamente, os dois processos, e a necessidade de evitar riscos, assegura a implementação efetiva das ferramentas de controle.

O que realmente importa é que unindo ambas ferramentas, a companhia irá gerar vantagem competitiva e agregará valor ao negócios. O comprimento das regras e regulamentos - compliance, se alinha diretamente à proteção da empresa contra riscos que poderiam levar ao desrespeito às regras. Da mesma forma, dizemos que a gestão de riscos alivia o trabalho do compliance, já que ele facilita a sua implementação sem causar rupturas em todas as atividades da companhia.

Uma empresa não pode ter um controle robusto de gestão de riscos sem deixar de lado o compliance, e vice-versa. Desta forma a sustentabilidade da companhia é garantida, assegurando o interesse de todos os envolvidos.

 

Como aplicar a gestão de Riscos e Compliance
Como aplicar Gestão de Riscos e Compliance

Durante todo o seu processo é recomendado a documentação detalhada do processo.Isso permite avançar na melhoria, bem como acompanhar o todo de forma eficaz, sem deixar nenhuma ação de lado.

  • Defina objetivos claros - a compreensão das principais metas da organização com a implantação da GRC (Gestão de Riscos e Compliance) pode ser construída de forma com todos os principais interessados;
  • Analise a situação atual - é preciso verificar atualmente como estão todas as áreas da GRC antes de buscar qualquer alteração;
  • Escolha um ponto inicial - realize a implementação por partes, ajustando cada uma até o nível satisfatório antes de partir para outra;
  • Monitore sempre - após a implementação vem a fase do monitoramento, acompanhar todos os processos com intuito de visualizar todas as forças e fraquezas. Essa é a etapa ideal para verificar os benefícios alcançados com a GRC.


A Gestão de riscos e Compliance é fundamental para uma organização se manter ativa e sustentável no mercado, estando em conformidade em tudo que é esperado dela.